Skip to main content

O Sagrado Feminino: das origens ao cristianismo
Enrollment is Closed

Compreender a relação entre o feminino e o sagrado nas culturas e religiões da antiguidade, refletindo sobre o papel das mulheres no cristianismo.
Enrollment is Closed

Sobre o Curso

Este curso é o primeiro módulo de uma série denominada "O Sagrado Feminino no Cristianismo". É constituído por 4 aulas com duração de 1 hora cada e mais 30 minutos para debates e perguntas. As aulas ocorrerão às 14 h (Brasil) / 18h (Portugal), aos sábados de 15/05 a 05/06/2021. Destina-se a estudar a presença simbólica do feminino no contexto histórico, religioso e social dos primórdios da humanidade ao surgimento do cristianismo. Procura igualmente mostrar a sobrevivência dos arquétipos femininos na construção imagética do cristianismo.

Objetivos

O curso se propõe a colaborar para a melhor compreensão da relação entre o feminino e o sagrado nas culturas e religiões da antiguidade, levando a reflexão sobre o papel das mulheres no cristianismo.

Programa

Aula 1 (15/05): O sagrado feminino nas origens da humanidade
Resumo: Evidências arqueológicas mostram a associação entre a fertilidade da terra e a fertilidade da mulher levando a uma veneração da sacralidade feminina.

Aula 2 (22/05): Arquétipos do sagrado feminino
Resumo: A noção da sacralidade feminina passa a ser associada a imagens primordiais pertencentes a uma diversidade de culturas e civilizações, com as mesmas características.

Aula 3 (29/05): Evidências do sagrado feminino na Bíblia
Resumo: A presença dos arquétipos do sagrado feminino nas histórias do Antigo e Novo Testamento revelam a sua permanência cultural no imaginário do povo de Israel. Da mesma forma veremos como apesar do Deus bíblico apresentar características fundamentalmente masculinas, uma leitura atenta ao texto revela uma simbiose de elementos masculinos e femininos. Deus, que é uma totalidade, tem em si tanto o masculino como o feminino.

Aula 4 (05/06): Preservação do sagrado feminino no cristianismo
Resumo: Os símbolos do sagrado feminino foram preservados no cristianismo através dos elementos iconográficos e arquitetónicos das igrejas cristãs.

Avaliação Final

Após cada aula, o participante responderá a um quizz sobre o assunto estudado e, ao final do curso deverá escrever um pequeno ensaio, de 1 página sobre a temática do curso ou de qualquer um dos módulos do curso, enviando-o pelo espaço próprio desta plataforma até o dia 14/06. Cumprindo estes requisitos o participante receberá o Certificado de Conclusão do curso emitido pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.O trabalho final tem um peso de 75% na nota final. Os restantes 25% correspondem aos quizzes presentes em cada aula (4).

Destinatários

O curso destina-se estudiosos em geral e interessados na história do cristianismo, estudantes e professores/as de ciência das religiões e teologia, líderes religiosos em geral, pastores/as e leigos/as, homens e mulheres, envolvidos com o campo religioso/eclesial, agentes de pastoral, educadores/as e líderes comunitários.

Preço

O acesso às aulas online e aos conteúdos do curso requer o pagamento de 20 euros. O pagamento deverá ser feito no seguinte link - https://www.eventbrite.pt/e/bilhetes-o-sagrado-feminino-das-origens-ao-cristianismo-152471493341

Ao realizar o pagamento use o mesmo email que usou para se registar no curso.

Direção e Docência

Lidice Meyer Pinto Ribeiro

Lidice Meyer Pinto Ribeiro

Pós Doutora em Antropologia e História pela Universidade de São Paulo, Brasil e Pós-Doutoranda em Estudos de Globalização pela Universidade Aberta de Portugal. Doutora em Antropologia pela Universidade de São Paulo e Mestre em Etnobotânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro/Museu Nacional, Brasil. Professora Convidada no Mestrado em Ciência das Religiões da Universidade Lusófona de Portugal, Investigadora no Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias (CLEPUL) da Universidade de Lisboa, Investigadora da Cátedra de Estudos Globais da Universidade Aberta de Lisboa (CIPSH), membro do Instituto de Cristianismo Contemporâneo (ICC) e da Sociedade Portuguesa de História do Protestantismo (SPHP). Avaliadora do Deutscher Akademischer Austauschdienst (DAAD) e de diversas revistas acadêmicas internacionais. Docente no Moriah College. Atuou por mais de 20 anos junto a Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil, na coordenação da Pós-Graduação em Teologia, Filosofia e Pedagogia, e como professora do Programa de Mestrado em Ciências da Religião, na graduação em Teologia e outros cursos. Comentarista e consultora sobre assuntos de religião e antropologia em mídias sociais, TV, rádio, jornais e revistas. Possui livros e artigos publicados nas áreas de religiões, história, antropologia e etnobotânica. Realizou pesquisas em Roma (Arquivo Secreto do Vaticano, Archivio Storico di Propaganda Fide, e Universidade Gregoriana), Alemanha, França, Espanha, Portugal, Estados Unidos e Brasil.

Bibliografia Sugerida

  • CAMPBELL, Joseph (2014). O Poder do Mito. São Paulo: Ed. Pallas Athena.
  • ELIADE, Mircea (2010). História das Crenças e das Ideias Religiosas volume 1. Rio de Janeiro: Ed. Jorge Zahar.
  • GIMBUTAS, M (1974). Os deuses e deusas da Europa Velha, 7000-3500BC. Londres: Tamisa e Hudson.
  • GIMBUTAS, Marija (1995). The Language of the Goddess. San Francisco: Ed. Harper.
  • MORGADO, José Joaquim Lopes (dir.) (1994). A mulher na Bíblia, na igreja e na sociedade. Fátima: Difusora Bíblica.
  • NEUMANN, Erich (2011). A Grande Mãe. São Paulo: Cultrix.
Enrollment is Closed